12

Doar sangue: o que você precisa saber antes de ajudar

Postado em: 13 de junho de 2019

A doação de sangue é uma atividade fundamental para manter um estoque capaz de salvar vidas em risco e contribuir para o tratamento de pessoas em risco. Entretanto, não são todos que são capazes de doar sangue.

 

A ação é considerada um ato totalmente altruísta e você pode possibilitar transfusões, transplantes e procedimentos oncológicos de pacientes que precisam do seu sangue em apenas minutos.

 

Mesmo que você deseje ajudar, existe uma série de coisas que você precisa saber antes de contribuir para o abastecimento dos hemocentros do país. Fique ligado:

 

Leia também: GLAUCOMA: RISCOS E COMO TRATAR A DOENÇA

 

Quem pode doar sangue

 

O procedimento para doar sangue é rápido, simples e não oferece riscos para o doador. Entretanto, não são todas as pessoas que podem contribuir com a causa. Veja requisitos:

 

  • Possuir idade entre 16 e 69 anos (desde que a primeira doação tenha acontecido até 60 anos). Menores idade precisam de autorização prévia para doarem
  • Pesar no mínimo 50 quilos, independentemente do seu sexo
  • Estar devidamente alimentado no ato de doação e tendo evitado comer alimentos gordurosos em no mínimo 3 horas antes da coleta
  • Ter passado no mínimo 2 horas do almoço
  • Ter dormido por no mínimo 6 horas nas últimas 24 horas
  • Apresentar documento original com foto

 

Lembrando que pessoas do sexo masculino podem doar no máximo 4 vezes durante um ano, com intervalo mínimo de 2 meses. Para quem pertence ao sexo feminino, o limite são 3 doações, com intervalo de 3 meses.

 

Descubra EXAMES DE ROTINA QUE TODA FAMÍLIA DEVE TER NO RADAR

 

Quem não pode doar sangue temporariamente

 

Mesmo que você passe em todos os requisitos acima, existem algumas restrições extras que podem te impedir de ser apto a fazer uma doação de sangue, como:

 

  • Estar gripado, resfriado ou ter febre
  • Estar em período gestacional
  • Estar em período pós gravidez (90 dias para parto normal e 180 para cesariana)
  • Estar em período de amamentação (12 meses depois do parto)
  • Ter ingerido bebida alcóolica nas últimas 12 horas
  • Tatuagem e/ou piercing nos últimos 12 meses
  • Extração dentária nas últimas 72 horas
  • Ter possuído problemas com apendicite, hérnia, amigdalectomia e/ou varizes no últimos 3 meses
  • Colecistectomia, histerectomia, nefrectomia, redução de fraturas, politraumatismos sem seqüelas graves, tireoidectomia e colectomia nos últimos 6 meses;
  • Ter tido uma transfusão de sangue nos últimos 12 meses
  • Ter sido vacinado recentemente (tempo depende de cada tipo de vacina)
  • Procedimentos e exames com a utilização de endoscópio nos últimos 6 meses
  • Ter sido exposto a situações com risco de transmissão de doenças sexualmente transmissíveis nos últimos 12 meses

 

Quem não pode doar sangue

 

Infelizmente, algumas pessoas são impedidas de participar da doação por conta de situações que possam contribuir negativamente para a saúde de um indivíduo que receberia esse sangue. Conheça quem se enquadra nessa categoria:

 

  • Pessoas que sofrem com a malária
  • Pessoas que fazem o uso de drogas ilícitas injetáveis
  • Pessoas que possuem evidências das seguintes doenças transmissíveis: Hepatites B e C, AIDS (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas

 

E ai? Você pode doar sangue? Participe da campanha de arrecadação de sangue e ajude a salvar a vida de pessoas que estão em situação de risco de vida.

Clique aqui e descubra um hemocentro perto de você.

________________________________________________________

Leia mais:

4 ALIMENTOS QUE REDUZEM OS SINTOMAS DA TPM

EFEITOS DA CAFEÍNA QUE VOCÊ NUNCA IMAGINOU

DIABETES TIPO 2 PODE SER DETECTADOS ATÉ 20 ANOS ANTES DO DIAGNÓSTICO