O que é Candidíase?

Postado em: 25 de fevereiro de 2016

A infecção vaginal por fungo do gênero Candida chamada candidíase é comum e é um tipo de inflamação da vagina. Os fungos e as bactérias vivem naturalmente na vagina, mas quando há infecção por um fungo do gênero Candida, ocorre a doença chamada candidíase.

Pode haver uma proliferação deste fungo quando o sistema imunológico está debilitado ou quando as bactérias benéficas (chamadas lactobacilos) não conseguem manter o fungo sob controle1.

Entenda mais sobre candidíase
Ter candidíase é comum – cerca de 75% das mulheres passarão por isso pelo menos uma vez em suas vidas2, enquanto algumas mulheres podem sofrer de candidíase recorrente.

Coceira, ardor, vermelhidão, corrimento branco e grumoso sem odor, esses são os principais sintomas da candidíase.

Se você nunca teve candidíase antes e acha que pode ter, consulte seu médico. A candidíase não demora muito para desaparecer depois que o tratamento é iniciado.

Mitos e verdades
Candidíase é uma DST?
Mito. A infecção vaginal por candida não é considerada uma doença sexualmente transmissível (DST), pois o fungo vive no corpo de uma mulher saudável. Ele vira um problema e causa a doença apenas quando há algum desequilíbrio na flora vaginal e quando se multiplica em excesso, que pode ser causado por diversos fatores, não necessariamente pelo contato sexual.

Calça jeans pode provocar corrimento?
Verdade. Como o jeans é um tecido grosso, abafa a região íntima, aumentando a temperatura e a umidade, tornando a vagina um ambiente ideal para a proliferação de fungos, como o da candidíase, que tem como um dos seus principais sintomas o corrimento branco, espesso e sem cheiro. Evite usar calça jeans por períodos longos, principalmente em dias quentes. Prefira saias e calças de tecidos leves para ajudar na ventilação da pele.

Calcinha de algodão ajuda a evitar candidíase?
Verdade. O algodão permite que a pele “respire” e isso reduz a umidade da vagina e também evita que a temperatura aumente. Dessa forma, a região fica mais arejada, evitando a proliferação dos fungos causadores da infecção vaginal.

Candidíase é sinal de má higiene?
Mito. A candidíase não está diretamente relacionada com a falta de higiene, ela pode surgir por diversos outros fatores que provocam o desequilíbrio da flora vaginal, como baixa imunidade e variações hormonais. Inclusive, fazer a higiene íntima de forma excessiva também pode causar a infecção, como por exemplo, as duchas íntimas, que parecem ser uma ótima opção para uma limpeza profunda do canal vaginal, na verdade retiram os organismos que ajudam na saúde íntima, deixando a mulher exposta à proliferação dos fungos causadores da candidíase.

Dormir sem calcinha ajuda a evitar infecções vaginais?
Verdade. Dormir sem calcinha é excelente para a saúde íntima da mulher. Depois de passar o dia todo abafando a região com roupas que nem sempre permitem a ventilação da pele, o ideal é dormir sem calcinha para deixar a região mais livre e arejada. Isso evita que a temperatura e umidade vaginal aumentem e que ocorra a proliferação dos fungos que causam a candidíase.

Agora que você já quebrou os principais tabus relacionados à candidíase, não há mais motivo para ter vergonha de falar sobre o assunto, se prevenir e tratar o problema caso ele surja.

Tratamento
O tratamento para candidíase pode ser bastante simples. Para tratar a infecção, você pode usar um produto interno que contém o princípio ativo clotrimazol, o clotrimazol, princípio ativo do Gino Canesten, tem qualidade comprovada com muitos anos de uso nos cuidados íntimos da mulher.

Gino Canesten é um medicamento com ação eficaz contra diversos fungos causadoras das infecções vaginais, com taxa de cura de 90%.

Lembre-se, quando sentir coceira vaginal e apresentar corrimento branco e espesso, procure seu ginecologista.