saude bucal

Veja 5 dúvidas sobre a saúde bucal esclarecidas

Postado em: 4 de outubro de 2019

Seja uma simples dor de dente ou algum problema mais sério, a maior parte das pessoas já sofreu com alguma doença bucal ao longo de sua vida. A discussão sobre essa região tão importante do corpo está normalmente associada à estética, mas existem questões clínicas que também devem ser consideradas.

A maior parte das doenças bucais podem ser evitadas com as boas práticas de limpeza e um acompanhamento regular de um profissional dentista, mas muitas pessoas deixam de fazer tratamentos preventivos por achar essas questões irrelevantes.

A saúde começa pela boca

Como já mostramos neste artigo, a frase clichê realmente leva uma verdade consigo e a saúde bucal deve ser levada além da estética. Muitas infecções e outras doenças sistêmicas podem ter origem na alimentação ou nas más práticas de higiene dos dentes e região da boca.

Dúvidas populares sobre a saúde bucal

Segundo Rosane Menezes Faria, dentista da Odonto Empresas, além de visitar o dentista a cada seis meses, existem outros diversos hábitos que devem ser incorporados à rotina de quem busca uma higiene bucal adequada.

A profissional comenta que é importante seguir cuidados muitos simples no dia a dia para assegurar um combate adequado aos problemas que podem surgir na região, garantindo tanto a saúde quanto a estética com um belo sorriso.

1. Quantas vezes ao dia os dentes devem ser escovados?

O ideal é que a escovação seja feita no mínimo três vezes ao dia, após as principais refeições. A escova deve possuir cerdas macias, arredondadas e com uma cabeça pequena para garantir que não exista nenhum tipo de dano na gengiva, bochechas ou língua. Lembre-se de trocar as escovas de maneira regular!

2. O mau hálito pode ser evitado por meio de balas e chicletes?

“Essas guloseimas só disfarçam o problema, o que realmente evita o mau hálito é manter a boca sempre limpa”, explica a dentista da Odonto Empresas. A profissional diz que é preciso escovar os dentes e passar o fio dental regularmente para que o mau hálito seja combatido.

Vale lembrar que esse problema pode ter outras fontes além da boca. Nesse caso, é importante consultar a opinião de um profissional para que seu quadro seja analisado com propriedade.

3. O dente do siso deve ser sempre extraído?

Isso vai depender da situação de cada paciente. Acontece que algumas pessoas possuem o espaço adequado para o desenvolvimento dos dentes do siso, permitindo que eles nasçam de maneira normal e saudável. Outros acabam com um siso mal posicionado ou com uma falta de espaço na boca. “Na dúvida sobre qualquer assunto referente à saúde bucal, consulte o dentista”, aconselha a profissional.

Leia também: 5 ALIMENTOS QUE TE AJUDAM NA PRISÃO DE VENTRE

4. Afinal, o que é tártaro e como tratar?

Aquele acúmulo branco em seus dentes possui um nome e causa bem definidos. Trata-se do tártaro, uma placa bacteriana formada por restos de alimentos nos dentes.

De acordo com Rosane, por mais que existam esforços preventivos, não é possível remover o tártaro completamente com a higiene diária, necessitando procurar um especialista para o tratamento correto.

5. Uma alimentação saudável influencia na saúde bucal?

Sim, é fundamental alimentar-se de forma adequada, consumindo alimentos ricos em fibras e grãos, frutas, verduras e legumes. Alimentos açucarados e gordurosos podem provocar cáries e inflamação na gengiva.

Lembre-se: jamais dispense a opinião de um profissional! Visite o seu dentista com frequência.