Dia-Mundial-Alimentacao

Dia Mundial da Alimentação: Uma nova consciência alimentar

O dia 16 de outubro é comemorado o dia mundial da Alimentação. Mas porque comemoramos? Esse dia traz uma importante reflexão sobre questões relevantes a respeito da alimentação, tais como a necessidade de uma alimentação saudável, acessível, de qualidade e sustentável.

São organizados eventos em mais de 150 países, onde tem como objetivo a conscientização de ações globais para quem sofre fome e necessidade de garantir a segurança alimentar, além de uma alimentação nutritiva para todos.

Neste ano, o tema do evento é “Cresça, alimente, sustente. Juntos”, onde dentro do cenário de pandemia do COVID-19, propõe a solidariedade na ajuda da recuperação da população mais vulnerável, e também tornar os sistemas alimentares (todos os processos relacionados à alimentação – produção, o processamento e a distribuição de um alimento) mais fortes, sustentáveis e resilientes. Saiba mais sobre a campanha do Dia Mundial da Alimentação no site:  http://www.fao.org/world-food-day/home/en/

Visto isso, o que seria uma alimentação mais saudável de fato?

Segundo o “Guia alimentar para população brasileira” uma alimentação baseada em alimentos in natura, frescos e caseiros como base da alimentação. Além da diminuição de alimentos processados e ultraprocessados. (Biscoitos recheados, salgadinhos, refrigerantes, macarrão instantâneo. Também a redução do uso de Óleos, gorduras, sal e açúcar ao temperar e cozinhar alimentos.

Uma forma prática de distinguir alimentos ultraprocessados e processados é consultar a lista de ingredientes e considerar que um número elevado deles (geralmente mais de cinco) e principalmente a presença de nomes de ingredientes pouco familiares e que não são utilizados nas preparações culinárias caseiras (espessantes, emulsificantes, aromatizantes, xarope de glicose, etc.) indicam que se trata de um alimento ultraprocessado.

O guia também incentiva a comer com atenção, comendo devagar e desfrutando da alimentação, sem se envolver em outra atividade. Além da necessidade de ser crítico quanto as informações, orientações e mensagens sobre alimentações em propagandas comerciais.

Mas uma alimentação saudável será que é realmente mais cara?

A ideia de que a alimentação saudável é mais cara do que a alimentação não saudável não é confirmada por dados da realidade. Segundo cálculos realizados com base nas Pesquisas de Orçamentos Familiares do IBGE mostram que, no Brasil, a alimentação baseada em alimentos in natura ou minimamente processados e em preparações culinárias feitas com esses alimentos não é apenas mais saudável do que a alimentação baseada em alimentos ultraprocessados, mas também mais barata.

Outro dado surpreendente é o avanço das doenças crônicas não transmissíveis ocasionadas por uma má alimentação.  No brasil, é uma das principais causas de morte e que poderiam ser prevenidas com uma alimentação saudável.

Visto isso, aproveite o dia 16 de outubro e reflita sobre seus hábitos alimentares e o que pode fazer para melhora-la. A alimentação é mais que a ingestão de nutrientes, calorias, ou na perda de peso.         

“Comer melhor significa apoiar os pequenos agricultores, redistribuir renda, respeitar a natureza e nutrir o mundo com comida de verdade. No Dia Mundial da Alimentação temos o compromisso público e político de despertar e viabilizar uma nova consciência alimentar”.

Pietro Zacaro – CRN 54409/9 – @pietrozacaro

_________________________________________________________________

Guia alimentar para a população brasileira / ministério da saúde, secretaria de atenção à saúde, departamento de atenção Básica. – 2. ed. – Brasília : ministério da saúde, 2014.

POR QUE SE COMEMORA O DIA MUNDIAL DA ALIMENTAÇÃO?. Crn, 2020. Disponivel em:<http://www.crn3.org.br/Noticia/Por-que-se-comemora-o-Dia-Mundial-da-Alimentacao>.Acesso em: 08, outubro, 2020.

Compartilhe
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp

Últimas postagens